Marketing Multinível – O Negócio do Futuro

Marketing Multinível – O Negócio do Futuro

O que você precisa saber sobre Marketing Multinível

Com a economia em crise e o futuro de seu atual emprego cada vez mais ameaçado, com as empresas diminuindo seu quadro de funcionários, o próximo pode ser você.

A segurança no emprego não existe mais, isso é coisa do passado.

O que aconteceria se você perdesse a sua fonte de renda atual de um dia para o outro?

Algo precisa ser feito para que você tenha segurança de verdade, e a única maneira é assumir o controle do seu futuro.

Mas como?

Vou lhe explicar daqui a pouco, mas antes gostaria de continuar com algumas perguntas.

Você está com raiva de ver tanta corrupção e do governo por não fazer o suficiente, e de si mesmo por não ter o controle da sua vida.

A vida é dura mas reclamar não vai garantir o seu futuro, e a única maneira de controla-lo, é assumir o controle sobre a sua fonte de renda, e para isso você precisa de um negócio próprio.

Uma Luz no Final do Túnel

A notícia boa é que um período de recessão, é o melhor momento para você começar o seu próprio negócio, pois quando a economia desacelera, o empreendedorismo entra em ebulição.

São nos momento de crise que as pessoas saem da sua zona de conforto, com o objetivo de ajustar as suas despesas.

Segundo estudos 38,5 milhões de brasileiros tem a intenção de abrir o seu próprio negócio, e isso representa 28% dos brasileiros.

Sabendo dessas informações, o que você vai fazer a partir de agora para aumentar o seu fluxo de caixa.

Segundo Robert Kiyosaki, existem 4 tipos de fontes de renda:

1 – O empregado, que são as pessoas que trabalham em empresas e que foram criadas para ir a escola, estudar muito, tirar boas notas, e conseguir um bom emprego com bons benefícios.

2 – O Autônomo, é impulsionado por mais liberdade, são as pessoas que migram do quadrante de empregado para o quadrante de autônomo. Eles querem ter a liberdade de fazer aquilo que desejam, e o valor principal é a independência. Aqui encontramos o Advogado, o Consultor, o Vendedor, pequenos empresários, corretores, médicos. Normalmente eles trocam o seu tempo por dinheiro, e isso é tipicamente uma armadilha pois na verdade o seu negócio é que é o seu dono e não o contrário.

3 – Donos dos próprios negócios, é o quadrante das pessoas que criam grandes empresas, participar desse quadrante os tornam a prova de recessão pois eles controlam a própria renda, o valor desse quadrante é a construção de riqueza. Uma pessoa desse quadrante pode até sair da empresa e mesmo assim continuar recebendo pagamentos.

4 – Investidores, são pessoas que aportam seu capital em empresas e retiram lucros e dividendos.

Então se você quer controlar melhor o seu tempo, fazer algo que realmente lhe dê prazer, ter mais qualidade de vida, ter mais tempo para ficar com a família e conseguir a independência financeira é hora de você mudar para os quadrantes 3 ou 4, ou seja se tornar realmente dono do seu próprio negócio ou um investidor.

Abrir Seu Próprio Negócio

Sabemos que existem algumas dificuldades para se abrir o próprio negócio, como por exemplo o capital que você precisa investir para iniciar o negócio, ou o conhecimento necessário para a área que você pretende atuar.

Algumas pessoas pegam todo seu dinheiro, todas as suas economias e montam um negócio, mas elas não pensam que existe um tempo para se conseguir o retorno desse investimento, que as vezes pode demorar até 2 a 3 anos.

Um outra opção para diminuir o risco de não conhecer ou não ter experiência na área que deseja atuar seria abrir uma franquia, mas o problema de ter que levantar o capital para investir no negócio continua, sem contar que estatisticamente observa-se que 1 a cada 3 franquias vão a falência.

Qual seria a solução então?

Um modelo de negócio que gera renda residual, que requer pouco investimento inicial, que possui baixo custo de despesas, pode-se trabalhar em tempo parcial, essa modalidade é chamada de venda direta, também conhecida como Marketing de Multinível.

Como é que funciona esse sistema de multinível?

Para isso vamos explicar a diferença entre o mercado tradicional e o mercado de multinível.

No mercado tradicional você tem vários, diversos intermediários entre o fabricante e o consumidor final, e cada um desses intermediários fica com uma parte do lucro que é obtido quando o consumidor final compra o produto.

Já no sistema de venda direta ou multinível, o produto sai direto do fabricante para o consumidor, através da figura do consultor ou distribuidor que faz essa intermediação.

Mas o que faz desse modelo de venda direta ou multinível, um modelo tão especial?

Esse modelo consiste em você trabalhar não só para vender os produtos da empresa que você faz parte, mas também em convidar outras pessoas a participarem desse negócio também, e cada novo consultor que entrar na empresa pela sua indicação, você passa a receber um percentual sobre a rende dele, e quanto mais pessoas você conseguir trazer para esse negocio, maior será a rede de consultores que você formará abaixo de você, e assim maior serão os seus rendimentos.

Essa foi uma explicação bem simples apenas para você entender o conceito, os modelos de marketing multinível são bem mais elaborados e você recebe rendimentos (bonificações como são chamados) de diversas formas, pela indicação de novos consultores, por vendas, pela quantidade de consultores da sua rede, etc, etc.

Nesse modelo, além da geração de renda você pode conquistar alguns ativos que vão te ajudar em qualquer área da sua vida.

1 – Aprendizado empresarial na prática

2 – Desenvolvimento pessoal

3 – Circulo de amigos com os mesmos valores

4 – Aprender a trabalhar em rede

5 – Capacidade de criar um padrão simples e duplicável.

6 – Desenvolver habilidade de liderança

7 – Criação de riqueza

8 – Realização de grandes sonhos

Como Escolher uma Empresa de Multinível

Se você chegou até aqui e já está convencido que este o modelo de negócios que vai te fazer mudar realmente de vida, o primeiro passo então é escolher qual empresa de Marketing Multinível você vai fazer parte.

Mas como escolher essa empresa?
Pelas formas de remuneração? Pelos Produtos?

Por incrível que parece esses não são os pontos mais importantes.

O ponto principal que você precisa avaliar, é a capacidade que a empresa tem de lhe ensinar a ser bem sucedido.

Além disso existem também outros pontos que será interessante você verificar:

– Quem comanda essa empresa?

– A empresa tem um plano de remuneração coerente e comprovado?

– Possui um programa de treinamento para capacitar as pessoas?

– Disponibiliza uma linha de produtos com alta qualidade e preços competitivos?

– Possui um bom sistema de logística para entrega dos produtos?

– Possui estrutura física para expansão?

– Disponibiliza pessoas capazes para lhe ensinar a ser bem sucedido?

– É o momento da empresa no mercado?

O que você precisa e o que você não precisa ter

Falamos sobre alguns pontos que a empresa precisa ter, agora vamos sobre alguns pontos que você precisa e pontos que você não precisa ter:

O que você não precisa ter:

– Não precisa ter formação ou qualificação prifissional

– Não precisa ser um grande vendedos

– Não precisa sai do seu trabalho (pelo menos até você formar sua rede e ter rendimentos suficientes).

– Não precisa ter um grande capital para investir, nem fazer empréstimo

– Não precisa ser um gênio em fechar negócios

Agora o que você precisa ter:

– Precisa ser honesto consigo mesmo

– Saber se está disposto a sair da zona de conforto para realização de algo maior

– Ter a capacidade de superar obstáculos e desafios

– Ter vontade de aprender

– Ter vontade de vencer e realizar seus sonhos

Se você é uma pessoa que se encaixa em tudo isso que falamos até agora, se você acredita que tudo isso é possível, então esse modelo de marketing multinível ou marketing de rede é para você.

Alguns dos maiores desafios que você irá encontrar

– Ter foco e disciplina, acreditar e persistir até ter sucesso.

– Conhecer bem a empresa e seus produtos: Isso ajudará muito quando você estiver vendendo os produtos ou fazendo apresentações para convidar as pessoas para entrar nesse negócio.

– Conhecer os métodos atuais utilizados para encontrar as pessoas que estão interessadas e  e estão pesquisando sobre este assunto.

Uma das ferramentas mais poderosas para isso é a internet, onde você poderá criar seu blog e postar conteúdos sobre o tema para atrair e captar o contado de pessoas interessadas.

 

Pronto, agora você já está bem informado, então mão a obra.

Boa sorte na sua empreitada!